Realizada na Aciu primeira reunião sobre o 10º Censo Agropecuário do IBGE

Na terça-feira (11/07), no auditório da Associação Comercial e Industrial de Uruguaiana (Aciu), o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE, realizou a primeira reunião preparatória para o
10º Censo Agropecuário. Trata-se do maior levantamento de informações sobre o agronegócio.

Participaram do encontro, José Antônio Insabralde dos Santos (Coordenador de subárea), Kellen Medina (Técnica) e Suelen
Fuques (Técnica), do IBGE; Renato Carpes da Costa, do Sindicato Rural de Uruguaiana; Roberto Fagundes, da Associação dos Arrozeiros; Carlos Roberto da Silva Prudêncio, do Poder Executivo; Álvaro Idiarte Jardim, da Câmara de Vereadores; João Carlos Batassini e Ivanoir Arruda Ocanha, da Emater; Grazielle Vieira Cristofari, da Inspetoria Veterinária; Juliana Zambrano Wageck, do Irga; José Luis Alves da Silva, do Instituto Romagueira Correa e João Donatello Balsan, do Banco do Brasil.

De acordo com Kellen Medina / IBGE, o Censo Agropecuário é a principal e mais completa investigação sobre a estrutura e a produção agropecuária do país. Informando que seus resultados constituem fonte única de informações fundamentais para formulação, aprimoramento e avaliação de políticas públicas  e indicadores ambientais.

Para retratar o setor agropecuário brasileiro em suas dimensões econômica, social e ambiental, serão coletadas informações de muita importância, tais como, o dimensionamento das áreas cultiváveis; da produção de alimentos; da criação de animais; da utilização e aplicação dos implementos; do instrumental agrícola e a caracterização dos trabalhadores rurais.

Kellen informou que a partir de 1º de outubro deste ano até 28 de fevereiro de 2018, as propriedades rurais de todo Brasil  serão visitadas pelos recenseadores do IBGE, para realização do questionário do censo agro.

Neste momento o IBGE está formando as Comissões Municipais de Geografia e Estatistica – CMGE, que é uma iniciativa que visa reunir instituições do município, interessadas nos dados censitários. Portanto, o IBGE está oferecendo, de forma transparente, uma oportunidade aos interessados, de acompanhar como é feita esta operação, desde o preparo até a coleta de dados. A CMGE também serve para cooperar com o IBGE na realização das suas atividades antes e durante a coleta de dados.

Categorias: ACIU

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.