Projeto “Costurando Ideias” em pleno desenvolvimento

Com as aulas iniciadas há um mês, o curso de Costura Básica do projeto “Costurando Ideias”, promovido pela Associação Comercial e Industrial de Uruguaiana (Aciu), na Escola de Educação Profissional do Senai, está encantando as alunas com as técnicas e os minuciosos detalhes da arte de costurar. Nesta etapa do curso as alunas já aprenderam a operar as máquinas e estão costurando, até mesmo aquelas que chegaram sem nenhum conhecimento de costura.

A instrutora do curso, Vânia Maria Muller Cadorin, disse que neste momento as alunas estão confeccionando bolsos de diferentes modelos e descobrindo as técnicas de costura de cada um. Ela conta que a cada aula as alunas evoluem e adquirem novos conhecimentos.

Vânia, apaixonada por costura e o imenso leque que ela abre, diz que dentro da profissão de costureira existem vários segmentos, ressaltando que é importante que cada uma escolha um público-alvo para se especializar, citando exemplos, como: uniformes profissionais, fantasias carnavalescas, linha pet, linha infantil (vestuário, fantasias ou utilitários) e a linha tradicionalista. Disse ainda que não é necessário que o conhecimento adquirido no curso seja usado exclusivamente na confecção de roupas, porque a costura pode variar muito, como decoração e moda em acessórios.

As alunas estão animadas com o aprendizado. Thaisa da Silva é um exemplo. Ela tinha noções de costura, em casa fazia barras, cortinas e lençóis. “O curso é maravilhoso. Nos dá as noções básicas e aqueles segredinhos para a gente acertar na hora da costura. O bolso eu nunca acertava, agora acerto. Já estou pensando em me matricular no próximo curso. Quero fazer casacos, saias e uma variedade de roupas”, disse.

Já a aluna Elizandra Gorges, que chegou na primeira aula sem noção nenhuma de costura e já está confeccionando os bolsos, disse estar gostando muito do curso. “A costura tem muitos passos, ao mesmo tempo que é uma atividade útil é também uma terapia”.

Para o coordenador do curso, Jorge Unamuzaga, o curso que tem duração de três meses, incentivará as alunas a tornarem-se empreendedoras com a costura profissional, enquanto outras poderão optar pelas oportunidades no mercado de confecção, um segmento que está crescendo muito em Uruguaiana nos últimos anos.

Redação/Fotografias: Giovana Petrocele

 

Categorias: ACIU

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.