Operação de voos internacionais foi tema de reunião no Consulado Argentino

 

Na sexta-feira (17/03), no Consulado Argentino em Uruguaiana, foi realizada uma reunião da Comissão de Infraestrutura e Facilitação Fronteiriça para debater a “Operação de voos internacionais”.

Entidades representativas, órgãos públicos e privados do Brasil e da Argentina participaram do encontro. Entre os presentes, o ministro Alejandro José Massucco, cônsul adjunto da República Argentina e Sérgio Tamm, cônsul brasileiro em Paso de los Libres, Luis Oscar Kessler, presidente da Associação Comercial e Industrial de Uruguaiana (Aciu), Luis Augusto Schneider, presidente da Agência de Desenvolvimento de Uruguaiana (ADU), Luiz Carlos Beheregaray, diretor executivo da Aciu, deputado Frederico Antunes, presidente da Comissão do Mercosul e Assuntos Internacionais da Assembleia Legislativa do RS, Gladys Vinci, gerente executiva da Associação Brasileira de Transportes Internacionais (ABTI), Luciane da Cunha Lopes e Jorge Prestes Lopes, da diretoria da Câmara de Dirigentes Lojistas de Uruguaiana (CDL), Breno da Luz e Paulo Estivalet, pelo Sindicato dos Despachantes Aduaneiros do Rio Grande do Sul.

 

Assuntos de interesse do Brasil e da Argentina foram abordados, entre os quais: a logística e infraestrutura de produtos de origem nas regiões fronteiriças de ambos os países, os quais tem potencial de comercialização no mercado asiático e europeu; o sistema de telefonia móvel na região, que vem sofrendo vários problemas, também entrou no debate e a internacionalização do Aeroporto Rubem Berta e a operacionalização integrada entre os aeroportos de Uruguaiana e Paso de los Libres (AR).

Conforme os administradores do aeroporto de Paso de los Libres, a estrutura física está pronta, porém existe a necessidade de um reparo específico na pista de pouso e decolagem para estar em perfeitas condições para operar integralizado. Por outro lado, o aeroporto Rubem Berta, do lado brasileiro, necessita de pequenas adaptações estruturais, como a criação de uma nova sala de desembarque e novos espaços para órgãos de fiscalização federal, como a Receita Federal, Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), além do encaminhamento do recredenciamento do Aeroporto Rubem Berta para operar com voos internacionais. Segundo a superintendência da Empresa Brasileira de  Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), tanto a adequação física como os encaminhamentos documentais já estão sendo providenciados e enviados aos órgãos reguladores, Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) e Centros Integrados de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (Cindacta II). Desta maneira, com as regularizações, o aeroporto de Uruguaiana ficará apto a fazer parte das rotas internacionais.

Ao término do encontro foi elaborada uma carta de intenção contendo as pautas discutidas na reunião, a qual será encaminhada para os órgãos governamentais responsáveis de ambos os países. As entidades continuarão monitorando em conjunto o andamento dos assuntos tratados durante a reunião.

Foto: Christian Bonilha.

Categorias: ACIU

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.